Psicodélica


Enquanto isso, no Youtube…
novembro 10, 2010, 12:43 am
Filed under: Outros

… coisas bizarras acontecem.

Resolvi gravar uma de minha versões exóticas para músicas do Nirvana esta manhã. Apesar da voz estar um bagunça – como sempre, esta maldita voz! – fiquei satisfeito o bastante para gastar a tarde toda editando um vídeo para o Youtube. Metade desse tempo foi gasto lidando com as manhas do Windows Movie Maker, que em poucos cliques eu já estava odiando mais que os Ramones. Mas ao menos fiquei satisfeito em saber (e sim, eu não sabia) que eu tenho um sistema eficaz para criar meus próprios vídeos. E esse tempo todo pensando que eu precisava de uma câmera digital…

Portanto, tenho composto aqui uma musiquinha que, graças a esta maravilhosa tecnologia atrasada moderna, poderei não só grava-la com uma certa qualidade, mas fazer um vídeo que, planejo, será melhor que este que vós apresento, cheio de falhas e tiques nervosos, mas que serve para passar a mensagem.

Pois bem, Sr. Youtube. PREPARE YOUR ANUS!



novembro 5, 2010, 3:55 pm
Filed under: O Orkut me Envergonha, Outros

Retirado de "Mundo Tecno". Clique na imagem para ser redirecionado.

 

Pra quem não sabe (como eu até poucos segundos atrás), é só digitar “Mayara Petruso” no google que logo você se inteira de tudo. Não é meramente triste, mas preocupante num sentido que eu pensei jamais existir no meu tolo país.

Fui pra Espanha a um tempo atrás. Lá, a divisão entre povos é algo que me aturdiu na sua intensidade e – de certa forma – violência. Catalães berrando nos seus canais televisionados que não eram espanhóis e não iam mais “bancar” todo o resto da espanha e o resto da espanha falando o quanto os catalães eram feios e mal-educados. Bascos que odiavam tanto suas contra-partes espanholas que me causaram medo com a raiva e indignação que ostentavam SOMENTE por que a espanha havia ganhado o mundial na época e vice-versa, eternamente.

Eu não ouvi falar disso, EU VI. nem quero dizer aqui quem está certo ou não, mas eu sempre falei para meus amigos espanhóis: “cara, a gente não entende essas disputas não, lá no Brasil a nação é composta por tudo quanto é gente mas somos bem unidos na nossa nacionalidade…”

E eu me sinto profundamente entristecido ao ver que eu estava errado. Que eu menti.

E, pior de tudo, o quanto essa raiva subcortical, velada, quando explode violentamente – como aconteceu aqui – inflama a hipocrisia e a desavença em TODOS os brasileiros. Incluindo a mim, que senti a mesma pontada preconceituosa que a dona Mayara sentiu no coração ao ver seus desígnios políticos frustrados, mas em relação ao povo do sudeste que, em sua maioria, tive umas péssimas experiências. Sim, senti a tendência para o mesmo ato de brutalidade da “doutora” ai. Mas tive o mínimo de consciência de, ao menos, relevar a situação, separar o joio do trigo na minha mente e não sai estampando nenhum jargão fascista pela internet.

Mas a semente está lá, bem atrás das vozes do meu pensamento, sussurrando. E tenho medo que não seja só em mim. Não seja só na cabeça dos paulistas ou dos nordestinos (que já se vê uma certa hostilidade frente aos sulistas). Horror! Talvez nem mesmo só na cabeça dos Brasileiros, quando penso na questão de forma um pouco mais ampla.

Que vergonha de ter mentido para os amigos espanhóis, dizendo que somos uma nação mais unida que eles. Deveria ter dito:

“É, sei bem como é. No fundo, todos somos iguais, Europa ou America do Sul. todos bebemos da mesma fonte do mal.”