Psicodélica


Ano Novo
janeiro 7, 2008, 8:06 pm
Filed under: Uncategorized

Barco 

A areia da pequena ilha se tranformava numa pequena lembrança torrida na memoria. O sol, que não se mostrou por 3 dias, começava despontar os seus longos raios pelo casco do pequeno barco, que ronronava através das água do rio.

O ano velho, junto com o natal, iam se esvaindo, como a sujeira do seu corpo durante um demorado banho. Todas as promessas, as coisas não-ditas e ditas. Todas elas iam ficando para trás, levadas pelo vento salino.

Não entenderam quando ele levantou os braços na direção da água – mas que cara fariam quando soubessem que ele estava simplesmente aceitando, mais uma vez, os desafios do ano novo, e abria os braços para ele? Uma oferenda para um 2008 de novidades.

O ano novo não se deteve, e cravou suas longas garras por entre as suas costelas.

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: